10 abr, 2019

AUTORES NACIONAIS PARA CONHECER

Eu acordei inspirada para mostrar autores nacionais que você deveria conhecer. Nessa lista eu coloquei autores famosos (poderiam ser um pouco mais) que vale a pena procurar os livros para conhecer. Então, logicamente, fugi de nomes como Paula Pimenta, Ana Beatriz Brandão e por assim vai. O meu dedo até tremia pra colocar Raphael Montes – até parece que não é só dele que falo no blog -, mas a intenção é conhecer novos talentos da literatura nacional. De qualquer jeito acabei falando dele. De novo.
Tentei por um autor por gênero. Será que deu certo?
Victor Bonini. Conheci ele com o livro “Colega de Quarto”, um suspense muito bem escrito e, caso não saiba, Victor é um repórter e na sua obra ele se baseou em casos que já havia trabalhado e isso dá uns créditos pro livro. Eric está levemente desconfiado de que tem alguém morando com ele, primeiro um par de chinelos, depois uma escova de dentes e um design de um thriller digno da primeira até a última página. Ele também escreveu outros dois livros, O Casamento e Quando ela desaparecer, o último ainda não foi lançado se eu não me engano (ou pelo menos não chegou na livraria aqui perto de casa).
Bruno Miranda. Eu coloquei ele aqui porque não conseguia pensar em outro autor para comédia romântica – é brincadeira. É autor de Azeitona, onde Ian e Emília supostamente estão grávidos (ela, claro) para participar de um reality show de adolescentes na mesma situação na tentativa de ganhar um cachê que ajudaria ambos os lados. Eu não sou muito boa para escrever o enredo do livro, então sugiro que busque a sinopse porque sinceramente é estranho falar “eles não estão juntos, mas estão e ela não está grávida, mas está”.
Carina Rissi é a nossa Jojo Moyes brasileira. Ela não cansa de turbinar as livrarias com seus romances e cada vez mais vem ganhando mais palco e espaço nas prateleiras. Autora da série Perdida e Procura-se um marido, é pedida certa para as apaixonadas de plantão. Em Perdida, Sofia se perde no século dezenove após comprar um celular novo e acaba encontrando aquilo que nunca esperaria: um príncipe perfeito. Será que voltar pro presente é tão importante assim?
Eduardo Cilto se popularizou de um tempo pra cá. Pelo canal literário Perdido nos Livros, por Traços e por Submerso – os dois livros publicados pelo autor. Em Traços, Matheus acompanha Beatriz na festa do colégio, mas termina a noite participando de um ritual místico para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo.
Vítor Martins é o autor que você não conhece e conhece. Autor de Quinze Dias e Um Milhão de finais felizes é mais um da lista de booktubers. Felipe está esperando por esse momento desde que as aulas começaram: o início das férias de julho. Finalmente ele vai poder passar alguns dias longe da escola e dos colegas que o maltratam. Mas as coisas fogem um pouco do controle quando a mãe de Felipe informa que concordou em hospedar Caio, o vizinho do 57, por longos quinze dias, enquanto os pais dele estão viajando. É uma confusão porque Caio era sua paixão de infância e o garoto não tem ideia sobre como falar disso.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário