20 fev, 2019

POR QUE VELVET BUZZSAW É RUIM

Eu não gostei muito do filme, mas pode ser que goste. Pesquisando, descobri que Velvet é mais dividido do que a trama de Capitu e Bentinho. Embaixo eu te falo os motivos de não ter gostado tanto assim.

Eu vi o filme por causa do Jake Gyllenhaal e acredito que metade da audiência de Velvet fez o mesmo. No começo, tudo é lindo e maravilhoso, eu fico animada com a história e tudo mais, mas não demora muito para as coisas desandarem. A premissa é muito boa, muito mesmo. Um artista desconhecido que morre e deixa para trás inúmeras pinturas que são cotadas nos milhões e que carregam uma maldição para quem vende. Já a trama, o que engloba toda essa ideia, é muito vaga e pouquíssimo trabalhada. Metade da história dos personagens é sobre traição, começa com um e termina quatro casais depois, o que não enriquece nem um pouco na história porque é puramente isso – meio que irrelevante. Também não faz criar vínculo com os personagens, muita perda de tempo. A outra metade do filme é sobre quem vai representar qual artista. Tudo bem que pode ter sido um retrato extremamente fiel de exposições em galerias, artistas buscando patrocínio e nome, mas a real é que eu não sei nada disso. E nem o público-alvo do filme, a discussão sobre esse tema rodou, rodou, rodou e só teve o intuito de fazer as pessoas morrerem.
E tem os personagens. Eu não sei se é culpa da atriz da Josephine ou culpa de quem escreveu o papel dela, porque não teve condições. A garota é superficial, vaga e só consegue ter duas expressões no filme inteiro: confusa e irritada franzindo a testa e de boca aberta ou chorando. Mas quem escreveu o roteiro também foi muito culpado. As vezes eu escuta umas frases soltas que não se encaixam no enredo, uns diálogos que não vão colaborar nada para a história, falas extremamente bregas e clichês e por aí vai.
A história em si também deixou a desejar. É bem vago o que o filme conta sobre o artista, ou sobre o porquê das obras serem amaldiçoadas ou o que, de fato, aconteceu com ele.
Jake Gyllenhaal deu seu máximo no filme, isso é muito claro. Apesar de ser um personagem polêmico e com uma personalidade muito mirreca, ele conseguiu carregar o filme até o final – quando realmente a bomba explodiu. É legal ver cenas de mortes em filmes de suspense, sim, é criativo e interessante, mas não em Velvet quando os personagens morrem de maneiras absurdas e sem lógica e que, algumas vezes, poderiam muito bem ter sido evitadas. Também achei difícil comprar tudo isso e quando finalmente terminou eu não soube responder algum motivo bom para assistir além de “Jake Gyllenhaal”. Eu dou duas estrelinhas de cinco com muita generosidade. Vi muitas pessoas elogiando o filme, só que não deu para mim. Esse filme entra pra categoria geral de filmes cults que eu assisti e não gostei.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário